Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Anabolizantes

Sinceramente ainda não sei como, cada vez mais se tem notícias de praticantes de musculação resolvendo cometer a burrice de fazer uso dos anabolizantes apenas para satisfazer os apelos sociais e ou os distúrbios narcisistas.

Embora eu, particularmente seja, por princípio ético Profissional contra, posso até tentar entender as razões que levam um atleta de alto nível, envolvido em campeonatos milionários, a fazer uso dessas poderosas e destruidoras drogas. Mesmo sabendo dos riscos com relação à sua saúde ou de ser flagrado passando por um enorme vexame e destruindo a carreira de uma hora para outra, a tentação da suposta fortuna e da fama é muito grande e a maioria prefere contar com a sorte.

Agora, custa-me encontrar uma justificativa palpável para pessoas comuns usarem anabolizantes.

Um interessante trabalho sobre a "utilização de suplemento alimentar e anabolizante por praticante de musculação nas academias de Goiânia - GO" encontra-se publicado na Revista Brasileira de Ciência e Movimento.

Os dados mostram um consumo de creatina na ordem de (24%) e Deca DuraBolin (21%).

A creatina, embora necessite de mais estudos, é o mais promissor dentre os suplementos existindo um certo consenso entre os pesquisadores no que se refere às possibilidades de auxiliar na hipertrofia muscular, aumento da força e capacidade anaeróbia nos exercícios de alta intensidade. Só não é totalmente aprovado por existir ainda suspeitas de efeitos adversos tais como a retenção hídrica e problemas associados. Por isso, suplementos devem ser prescritos por nutricionista ou médicos especialistas.

Já os anabolizantes são devastadores e, embora produza os efeitos desejados, e rápido, com a mesma rapidez trás uma lista enorme de efeitos colaterais tais como: atrofia nos testículos, ginecomastia (crescimento de mamas), dificuldade para dormir, hipertensão arterial, lesões tendinosas, sangramento nasal, agressividade e resfriados constantes. Nas mulheres as irregularidades menstruais, hipertrofia do clitóris, diminuição das mamas, engrossamento da voz, acne, queda de cabelos no couro cabeludo e crescimento de pelos masculinos, são alguns dos males relatados nas pesquisas existentes... e precisa mais?

No estudo de Goiânia a idade dos usuários variou entre 18 e 26 anos (74%) com escolaridade de nível médio (66%). A lista de produtos suplementares é a classificada na literatura composta por proteínas e aminoácidos, metabólicos de proteínas, vitaminas e minerais, extratos botânicos e ervas, e os mistos.

Os anabolizantes descritos foram os Esteróides Anabólicos, os hormônios de crescimento (GH), e os derivados de hormônios para uso veterinário.

O mais estarrecedor nesse estudo, foi de quem partiu a orientação para uso dos suplementos e anabolizantes. "Os suplementos foram, na maioria indicados por nutricionistas ou professores/ instrutores, enquanto que o uso de anabilizantes, pasmem!!!! Foi orientado especialmente pelo professor / instrutor das academias e amigos". Simplesmente um absurdo!!! Isso denota que pelo menos o professor é a pessoa de maior influência sobre a decisão do aluno optar ou não pelo uso de drogas uma vez que no próprio estudo a influência da propaganda representou apenas 3% contra 11% dos professores e igualmente 11% dos amigos.

Sendo o professor a pessoa de maior influência se, bem preparados, imbuídos de responsabilidade social e comprometidos com a ética profissional esse quadro pode reverter. Prescrever anabolizantes implica em exercício ilegal da medicina. Isso dá cadeia! Ou não?

O interessante no estudo, é que a prescrição feita por médico foi de apenas uma e nenhuma por nutricionista. Estes se limitaram ao seu campo profissional orientando o uso de suplementos. Ou seja, cada macaco ficou no seu galho, menos, nesse estudo, o professor...

Bom, isso é lá em Goiânia, né? Até prova em contrário, o mesmo não acontece em outras regiões. Fica aí a sugestão para o corpo docente dos cursos de Educação Física e ou Nutrição dos diversos estados "entrarem de cabeça" nessa guerra contra as drogas nas academias sugerindo trabalhos similares aos graduandos. Até onde vai o meu conhecimento, o corpo docente na maioria das faculdades ainda é da melhor qualidade e a formação profissional depende disso. Depende de darmos mais valor à formação ética, do comprometimento com os valores humanos, com a verdade, com a educação familiar. Do contrário, vamos ficar "fazendo de conta". Faz de conta que eu ensino, e você faz de conta que aprende. O sujeito jura de "pés juntos" que não usa anabolizante... é você faz de conta que acredita. Até porque, pelo menos no nosso país, cabe a quem acusa o ônus da prova. Diga não às drogas! Pelo menos nas nossas academias!

De resto, só me vale parabenizar os responsáveis pela publicação do referido trabalho.

Créditos:
Luiz Carlos de Moraes CREF/1 RJ 003529
lcmoraes@petrobras.com.br ou lcmoraes@compuland.com.br
Notícias do Corpo


Leitura adicional:
Creatina
Anabolizantes
Esteróides Anabolizantes
Nandrolona - Deca-Durabolin



Exercícios físicos

Item Exercícios físicos e atividade física na terceira idade

Item Hidroterapia garante qualidade de vida para a terceira idade

Item História dos Jogos Olímpicos da Antiguidade

Item Esteróides anabolizantes - O que são, uso, efeitos

Item Atletas e lesões na pele

Item Ginástica Laboral

Item Anabolizantes

Item Curves e mulheres na terceira idade

Item Qual a Vida Útil do Esportista

Item Lesões de academia

Item Pilates na Gravidez

Item Sedentarismo - Não seja sedentário

Item Não confunda Aquecimento com Alongamento

Item Atividade Física X Transtornos de Humor

Item Atividade Física e Bem-estar pessoal

Item Atleta olímpico

Item Ácido lático X Fadiga muscular

Item Nado sincronizado X Gasto energético

Item Respiração & Performance

Item Como escolher academia de ginática

Item Musculação na terceira idade

Item Avaliação Física

Item Zona Alvo de Treinamento

Item Academia de ginástica em condomínios

Item Fisicamente ativo sim, malhação demais não

Item Esportistas e Proteção da Pele

Item Pilates

Item Deep Running

Item Adolescentes na Academia de Ginástica

Item Como evitar lesões durante corrida de rua

Item Quando só malhar não resolve

Item Cálcio e Atividade Física

Item Diabetes x Atividade Física


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato