Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Atividade Física X Transtornos de Humor

Estudo, apresentado como dissertação de mestrado na Unifesp, mostrou que o exercício físico, quando realizado em intensidade moderada e regularmente, pode ser utilizado como tratamento alternativo de distúrbios psicológicos como ansiedade e depressão em adolescentes obesos.

Já é conhecido que a atividade física eleva a sensação de bem-estar, devido ao aumento da produção do neurotransmissor serotonina. Descobrir qual a intensidade com que o exercício deve ser realizado para que esse benefício seja sentido por adolescentes obesos com depressão foi o tema da pesquisa do professor de Educação Física Sergio Garcia Stella.

Três vezes por semana, o pesquisador acompanhou 40 adolescentes com esse perfil, que foram divididos em quatro grupos distintos, por um período de três meses. O primeiro grupo, considerado controle, apenas recebeu orientação nutricional. Os outros três grupos, além da orientação nutricional, realizaram, respectivamente, recreação (atividades físicas sem controle de variáveis como duração, velocidade e mudanças na freqüência cardíaca); uma hora de bicicleta ergométrica com alta intensidade; e uma hora de bicicleta ergométrica com baixa intensidade.

Ao final de três meses, Sérgio Stella verificou que, em todos os grupos avaliados, houve diminuição dos índices de depressão, de gordura e do peso corporal. Os melhores resultados quanto ao distúrbio psicológico foram encontrados no grupo que praticou bicicleta com baixa intensidade, com uma redução de até 45%, de acordo com questionário específico sobre depressão aplicado junto aos adolescentes estudados.

"O exercício, quando realizado de forma moderada, mobiliza mais ácido graxo no organismo, utilizando-o como fonte de energia", explica o pesquisador. "Esse processo facilita a entrada do aminoácido triptofano, matéria-prima da serotonina, da corrente sangüínea para o cérebro, aumentando, conseqüentemente, a produção do neurotransmissor que promove a sensação de bem-estar".

TRANSTORNOS DE HUMOR E OBESIDADE

Sergio Stella explica que várias pesquisas têm abordado a relação entre obesidade e transtornos de humor, devido a suas implicações no longo prazo e pelo fato de que tem havido crescimento no registro da incidência associada das duas patologias.

Dois estudos realizados no início de 2000 exemplificam bem essa preocupação. Um deles, produzido no Departamento de Pediatria da Unifesp, identificou razões emocionais em 76% dos casos de adolescentes obesos que buscaram ajuda. Outro estudo, desta vez do Departamento de Endocrinologia, mostrou que 100% dos adolescentes obesos apresentavam níveis variados de depressão e, destes, 80% já estavam com depressão grave.

Créditos: Marco Antônio Eid - rvo@viveiros.com.br
RICARDO VIVEIROS - OFICINA DE COMUNICAÇÃO


Leitura adicional:
O bom humor está na cozinha
Mau humor das mulheres
Importância e benefícios da atividade física na saúde



Exercícios físicos

Item Exercícios físicos e atividade física na terceira idade

Item Hidroterapia garante qualidade de vida para a terceira idade

Item História dos Jogos Olímpicos da Antiguidade

Item Esteróides anabolizantes - O que são, uso, efeitos

Item Atletas e lesões na pele

Item Ginástica Laboral

Item Anabolizantes

Item Curves e mulheres na terceira idade

Item Qual a Vida Útil do Esportista

Item Lesões de academia

Item Pilates na Gravidez

Item Sedentarismo - Não seja sedentário

Item Não confunda Aquecimento com Alongamento

Item Atividade Física X Transtornos de Humor

Item Atividade Física e Bem-estar pessoal

Item Atleta olímpico

Item Ácido lático X Fadiga muscular

Item Nado sincronizado X Gasto energético

Item Respiração & Performance

Item Como escolher academia de ginática

Item Musculação na terceira idade

Item Avaliação Física

Item Zona Alvo de Treinamento

Item Academia de ginástica em condomínios

Item Fisicamente ativo sim, malhação demais não

Item Esportistas e Proteção da Pele

Item Pilates

Item Deep Running

Item Adolescentes na Academia de Ginástica

Item Como evitar lesões durante corrida de rua

Item Quando só malhar não resolve

Item Cálcio e Atividade Física

Item Diabetes x Atividade Física


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato