Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Câncer de mama - Tratamento

Há muitas opções de tratamento para a mulher com câncer de mama. A escolha do tratamento depende da idade, saúde geral, estágio do câncer, se ele se espalhou para outras áreas do corpo, e outros fatores.

Se testes mostrarem que a paciente tem câncer, ela deve conversar com seu médico e tomar as decisões de tratamento o mais cedo possível. Estudos mostram que tratamento precoce produz os melhores resultados.

Pessoas com câncer de mama freqüentemente são tratadas por um time de especialistas, o qual pode incluir um oncologista, cirurgião, radiologista, entre outros. Antes de começar o tratamento, o paciente pode desejar outro médico para rever o diagnóstico e plano de tratamento.

Estágios do câncer de mama

O estágio do câncer determina até onde a doença progrediu. Através disso, o médico pode dizer se o câncer se espalhou e para que partes do corpo. Mais testes podem ser feitos para determinar o estágio do câncer. Saber o estágio da doença ajuda o médico a planejar o tratamento.

Determinar o estágio do câncer ajudará o médico a saber:
* O tamanho do tumor e exatamente onde ele está na mama.
* Se o câncer se espalhou dentro da mama.
* Se o câncer está presente nos gânglios linfáticos nas axilas.
* Se o câncer está presente em outras partes do corpo.

Estágio 0: é um câncer de mama muito recente que não se espalhou dentro ou fora da mama. Os médicos freqüentemente se referem a esse tipo de câncer como in situ ou não invasivo.

Estágio I e II: também são estágios precoces de câncer de mama. Estágio I significa que o tumor não se espalhou para além da mama. No estágio II o tumor pode ser maior e ter se espalhado aos gânglios linfáticos.

Estágio III: é chamado câncer localmente avançado. Aqui o tumor se espalhou para além da mama e gânglios linfáticos a outros tecidos próximos à mama.

Estágio IV: é o câncer metastático. Nesse estágio o câncer se espalhou para além da mama e gânglios linfáticos nas axilas para outras partes do corpo, mais freqüentemente ossos, pulmões, fígado ou cérebro.

A escolha do tratamento é baseada em muitos fatores. Para os estágios I, II e III os objetivos principais são tratar o câncer e reduzir a chance que ele retorne no seu local original ou em outra parte do corpo. Para câncer no estágio IV, o objetivo é melhorar os sintomas e prolongar a sobrevivência.

Tratamentos padrão para câncer de mama

Há vários tratamentos para câncer de mama, mas os escolhidos mais freqüentemente, sozinhos ou em combinação, são cirurgia, radioterapia, quimioterapia e terapia hormonal.

O que os tratamentos padrão fazem:
* Cirurgia remove o câncer.
* Terapia hormonal impede as células cancerosas de obter os hormônios que precisam para sobreviver e crescer.
* Radioterapia usa raios de alta energia para matar as células cancerosas e diminuir os tumores.
* Quimioterapia usa medicamentos anti-câncer para matar as células cancerosas.

O tratamento para câncer de mama pode envolver terapia local ou em todo o corpo. Os médicos usam terapias locais, como cirurgia ou radiação, para remover e destruir o câncer de mama em uma área específica. Tratamentos para todo o corpo, ou sistêmicos, como quimioterapia, e terapias hormonais e biológicas, são utilizados para destruir ou controlar o câncer por todo o organismo. Alguns pacientes passam por ambos os tipos de tratamentos.

Tratamento para câncer de mama em estágio inicial

Se o paciente tem câncer de mama em estágio inicial, um tratamento comum é lumpectomia combinada com radioterapia. A lumpectomia é uma cirurgia que preserva a mama da paciente. Nela, o cirurgião remove somente o tumor e pequena quantidade de tecido ao redor. A taxa de sobrevivência para as mulheres com câncer em estágio inicial que passam por essa terapia combinada com radioterapia é similar às que escolhem a mastectomia radical, que remove completamente a mama.

Se a pessoa tem câncer de mama que se espalhou localmente, somente para outras partes da mama, o tratamento pode envolver uma combinação de quimioterapia e cirurgia. Diminuir o tumor antes da cirurgia pode evitar a mastectomia e preservar a mama.

Tratamento para o câncer que se espalhou para além da mama

Caso o câncer tenha se espalhado para outras partes do corpo, como pulmão ou osso, a paciente pode receber quimioterapia e/ou terapia hormonal para destruir as células cancerosas e controlar a doença. Radioterapia também pode ser útil para controlar tumores em outras partes do corpo.

Créditos:
Tradução: © 2012, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: NIH SeniorHealth



Mulher

Item Câncer de mama - Tratamento

Item Câncer de mama - Testes e diagnóstico

Item Câncer de mama - O que é

Item Herpes genital e gravidez

Item Toxoplasmose e gravidez

Item Infecções urinárias recorrentes em mulheres e infecção urinária na gravidez

Item Cirurgia de mama

Item Importância do azeite para gestantes

Item Cálcio para quem toma Pílula Anticoncepcional

Item TPM e Nutrição Clínica Funcional

Item Anorexia - Mulheres são 9 vezes mais atingidas

Item HPV e risco de câncer de colo de útero

Item Gravidez tardia

Item Depressão - Mulheres são mais suscetíveis

Item Terapia hormonal e câncer de mama

Item Sutiã apertado e problemas para a saúde

Item Yoga na Gravidez

Item Menopausa

Item Pisando bem de Salto Alto

Item Menopausa e reposição hormonal

Item Saúde da Mulher de todas as idades

Item Coração de Mulher


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato