Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Perigos das Dietas sem Orientação

As adolescentes são as maiores vítimas da adoção das dietas da moda. Os regimes com restrições exageradas provocam desequilíbrios emocionais e físicos. Os riscos são grandes para as pessoas que perseguem um padrão ideal de beleza, adotando hábitos alimentares por conta própria.

Esses são os principais destaques da entrevista concedida pela nutricionista Dra. Renata Kitade.

1. Quais os artifícios considerados completamente inadequados utilizados pelas mulheres para perda de peso?

Geralmente as restrições são extremamente rígidas, favorecendo o desequilíbrio metabólico. As pessoas que se submetem a este tipo de dieta ficam muito tempo sem se alimentar e, quando comem, não se alimentam de forma adequada por dar preferência aos alimentos de baixo valor calórico. Muitas vezes a carência pode levar à compulsão.

A adoção de regimes, o jejum, a atividade física e a preocupação com a comida e com o peso são comuns na nossa cultura. Entretanto estes comportamentos podem ser considerados danosos à saúde, quando se transformam em obsessão. Essa obsessão pode levar a exageros (até o empanturramento) seguido de jejuns, vômitos autoprovocados, atividade física compulsiva ou outras condutas centradas na comida, que afeta sua existência e condiciona seu estado de ânimo.

2. Dietas muito restritivas podem levar a casos de anorexia e bulimia? Por que?

Para muitas pessoas, a comida adquire um significado que vai além de satisfazer as demandas do corpo. O alimento pode servir-lhes para acalmar ansiedades, como anestésico para bloquear pensamentos ou sentimentos dolorosos ou para aliviar as tensões. Para outras, a restrição alimentar será uma tentativa de controlar as necessidades que surjam a partir de seu interior e que são vividas como perigosas, um gesto de rebeldia em relação aos pais ou um desvio para postergar a entrada na adolescência.

3. Em média, em qual idade as mulheres mais se submetem a estas dietas?

Geralmente na adolescência (considerando as meninas e atualmente também os meninos).
Os hábitos alimentares são influenciados por fatores fisiológicos, psicológicos, socioculturais e econômicos, e a formação destes ocorre à medida que a criança cresce até o momento em que farão parte da sua dieta.
Um dos principais fatores no culto ao corpo são os socioculturais (Ex: Mídia e influência do grupo), familiares (Ex: crítica), influências negativas, baixa auto-estima e insatisfação corporal. Possíveis conseqüências destas dietas:
- Anorexia e Bulimia
- Desequilíbrio Metabólico
- Colesterol (dietas de consumo excessivo de proteínas - sobrecarga renal e hepática)
- Anemia
- Agravamento de quadros patológicos: por exemplo, no caso da dieta da lua, líquidos em demasia para pessoas com insuficiência renal, cuja dieta geralmente é restrita em líquidos.

4. Qual o papel do nutricionista nessa situação?

O papel do nutricionista é o de favorecer a saúde. Prevenir doenças e contribuir para uma melhor qualidade de vida, através do consumo adequado de alimentos (matéria-prima) em qualidade e em quantidade. Os nutrientes são essenciais para que o organismo realize as suas funções corretamente e, assim, seja capaz de se defender dos agressores que enfrentamos no dia-a-dia. Carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, sais minerais, fibras e água são os nutrientes que irão garantir o bem estar físico, mental e social. Todos devem estar sempre presentes no cotidiano do ser humano.
As dietas "da moda" não apresentam respaldo científico, mas acabam influenciando a população pelas crenças e modismos que se estabelecem de tempos em tempos. Regimes e dietas não favorecem um hábito, pois não há equilíbrio, sendo muito difícil manter o peso desejado, portanto, nada melhor que a reeducação nutricional, função do nutricionista, adequando as necessidades biológicas de cada indivíduo. Os comportamentos alimentares inadequados devem ser modificados e o prazer na alimentação resgatado.

Créditos: Fábio Berklian - pauta@rspress.com.br
RS PRESS


Leitura adicional:
Dietas de muito baixas calorias rápidas - Dieta rápida
Dietas da moda - dieta do atum, da USP
Dietas para emagrecer - dieta de emagrecimento



Dietas

Item Dieta para diabéticos

Item Dieta da Zona 40 30 30

Item Dietas das proteínas

Item Dieta de South Beach

Item Dieta do Tipo Sanguíneo - Dieta do tipo de sangue A, B, O

Item Dieta de Atkins

Item Dieta Anti-celulite

Item Dieta equilibrada e alimentação balanceada

Item Perigos das Dietas sem Orientação

Item Dieta do Mediterrâneo


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato