Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Como manter a forma nas viagens de férias?

Quem passa boa parte do ano sonhando com a viagem nas férias e procurando perder uns quilinhos extras deve tomar alguns cuidados para não voltar com problemas de excesso de peso - não nas bagagens, mas na cintura. Escapadas para provar as delícias locais podem ser compensadas com uma alimentação saudável na maioria das refeições.

Com o tempo em disparada, o final de ano já se aproxima, e isto, para muitos, é sinônimo de férias e das tão sonhadas viagens. No entanto, para os que passaram boa parte do ano tentando perder alguns quilos e melhorar a forma, as viagens podem significar justamente o retorno das gorduras que levaram meses para desaparecer ou, ao menos, diminuir. Como evitar que isso aconteça? Como não recuperar tudo o que se havia perdido (com tanta persistência) nas viagens de fim de ano?

Em geral, quem viaja deseja quebrar a rotina, o que envolve não se preocupar com o que comer, com o que vestir, com horários... "Quebrar a rotina, para muitas pessoas, significa provar de tudo, se permitir comer doces, aproveitar os momentos para fazer o que não se tem coragem no dia-a-dia, ceder às tentações causadas pelos pratos e comidas diferentes. Elas pensam assim: como ir à Alemanha sem deixar de comer salsichões e provar as melhores cervejas?", conta a nutricionista funcional Patrícia Davidson, do Rio de Janeiro, com base no relato de pacientes.

Para a especialista, uma ida (ou retorno) antes da viagem ao nutricionista pode ajudar a equilibrar o encanto da viagem, o prazer de comer, a qualidade da alimentação e a manutenção da boa forma. Ela revela que tem muitos pacientes nessa situação, com viagens realizadas ou marcadas para destinos diferentes como o Nordeste brasileiro, Estados Unidos, Europa e Índia. "Não há como montar cardápios específicos, pois, em muitos casos, não sabemos o que os espera nos destinos, mas é possível dar algumas orientações gerais", diz.

Em primeiro lugar, segundo a Dra. Patrícia, a pessoa não pode ser privada de provar alguns pratos ou bebidas que fazem parte da cultura local. "Mas isso tem de ser feito com bom senso e parcimônia. No dia em que comer um prato típico mais pesado, a pessoa deve procurar não beber. E vice-versa. Em todos os lugares do mundo, há opções de alimentos mais saudáveis que devem contrabalançar os experimentos gastronômicos próprios de uma viagem. Na maioria das vezes, as pessoas engordam nas férias porque não conseguem esse equilíbrio", explica.

Exceções abertas para o conhecimento, uma vez ou outra, das comidas e bebidas locais, o ideal é que as pessoas tentem manter nas viagens a alimentação que tinham antes, no dia-a-dia. De acordo com a nutricionista funcional, é essencial iniciar o dia de maneira correta, com um bom café da manhã. Neste, devem ser priorizados pães integrais, frutas, sucos de frutas, cereais à base de milho ou integrais, frios magros, ovos (desde que não seja feito na manteiga ou na margarina). E devem ser evitados (ou ingeridos em pequena quantidade) os pães "brancos", tipo francês, croissants, pães doces, cereais com açúcar, waffles, biscoitos amanteigados etc. "Quanto mais se comer deles, mais fome se terá ao longo do dia, o que cria um ciclo vicioso", alerta.

Muito procuradas neste final de ano, as viagens para o Nordeste podem ser, segundo a Dra. Patrícia, uma "faca de dois gumes". "Depende de como o viajante de comporta. Existe a facilidade de se encontrar opções saudáveis como peixe, tapioca, frutas, sucos de frutas, água de coco, entre outras. Mas se a pessoa ficar comendo peixe frito, usando as frutas só nas caipirinhas e trocando a água de coco pela cerveja na praia, a dieta vai por água abaixo... Mais uma vez deve prevalecer o bom senso diante das inevitáveis escapadas: se escapar todos os dias, o ponteiro da balança certamente vai subir", brinca.

Por falar em escapadas, um item importante para os viajantes que não querem voltar com "excesso de peso" é o consumo de bebidas alcoólicas. De novo, a velha (e boa) recomendação: moderação. "O álcool é fonte de calorias vazias, não agrega nada ao organismo do ponto de vista nutricional. Pelo contrário: é uma das maiores toxinas a que estamos expostos. No seu metabolismo, são gastas muitas vitaminas do complexo B, responsáveis pelo melhor aproveitamento dos alimentos e por produção adequada de energia", conclui a especialista.

5 DICAS PARA SE MANTER A FORMA NAS VIAGENS:

. Os maiores vilões da boa forma nas viagens são os pães brancos, as bebidas alcoólicas e as sobremesas. Todos devem ser consumidos com moderação. Para consumi-los, deve se atentar não apenas para a quantidade, mas também para as combinações.

. No café da manhã, procure evitar o pão branco. Dê preferências aos alimentos naturais e integrais. Tenha sempre uma porção de fruta ou suco de frutas.

. Passe no supermercado e compre alguns alimentos que podem ser ingeridos nos passeios. Exemplos: torrada integral, barra de cerais, frutas. É muito comum em viagens esquecermos dos lanches e ficarmos mais de quatro horas sem comer. E aí, nas refeições principais, descontamos, o que é desastroso.

. Se tomar uma taça de vinho no jantar, procure não comer carboidratos na refeição, visto que a bebida alcoólica já é fonte de carboidrato.

. Caminhe muito. Não há meio melhor - e mais saudável - para conhecer um lugar novo do que caminhando.

Créditos:
Data da inclusão: 08/10/2007
Empresa: LP17 COMUNICAÇÂO
Fone: (21) 2233-8002
E-mail: leonardo@lp17comunicacao.com.br


Leitura adicional:
Carboidratos
Dicas para como emagrecer



Obesidade e Emagrecimento

Item Sobrepeso e obesidade - Riscos à saúde

Item Sibutramina e doença cardiovascular

Item Obesidade na infância e doença cardíaca na fase adulta

Item Barriga e impotência sexual

Item Anfepramona ou dietilpropiona - Efeitos

Item Remédios para emagrecer

Item IMC - Índice de Massa Corporal - O que é, como calcular, tabela

Item Cloridrato de Sibutramina - Efeitos

Item Gordura abdominal e risco de doenças cardíacas

Item Como manter a forma nas viagens de férias?

Item Cirurgia bariátrica contra obesidade - Banda Gástrica

Item Cereais integrais e regulação de peso corporal

Item Emagrecimento no inverno

Item CLA - Ácido Linoleico Conjugado

Item Exame de Bioimpedância

Item Excesso de Peso e Osteoartrite

Item Criança com obesidade exige atenção

Item Quer queimar calorias? Capriche no Desjejum

Item Calorias da happy hour

Item Emagrecer, auto-conhecimento e auto-estima

Item De olho nas crianças obesas

Item Efeito ioiô

Item Turbine seu metabolismo para emagrecer

Item Anorexia e Bulimia

Item Qual a diferença entre Diet e Light

Item Fibras - Equilibre o Prato e a Balança

Item Lipoaspiração não é método para emagrecer

Item Sono de menos, quilos a mais

Item Anorexígenos

Item Percentual de Gordura Corporal Ideal

Item Barriguinha que exige cuidados

Item Cirurgia de Redução do Estômago

Item Soja contra obesidade infantil

Item Anorexia x Dinâmica Familiar

Item Lipo não dispensa Dieta e Exercícios


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato