Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Gravidez tardia

Grávida - GNU Free Documentation license
O universo feminino mudou muito desde a década de 60. As mulheres foram para as universidades e passaram a disputar espaço acirradamente no mercado de trabalho.

Paralelamente a maternidade passou a ser cada vez mais adiada em troca da ascensão profissional. Acontece que, na prática, as mulheres continuam perturbadas pela dúvida: Será que dou prioridade ao meu crescimento profissional ou tenho filhos?

Dados da Fundação Seade, Sistema Estadual de Análise de Dados, no Estado de São Paulo, indicam que em um período de 10 anos (1995-2005), houve um aumento de 2,3% em relação ao número de filhos (nascidos vivos) de mães dos 35 aos 39 anos. Ou seja, em 1995, de um total de 680.643 bebês (de mães de todas as idades), 44.891 foram de mães desta faixa etária, o que representa 6,6%. Já em 2005, o número de nascidos caiu para 619.137, porém, mais mulheres dos 35 aos 39 anos engravidaram e o número de bebês aumentou para 55.152 (8,9%).

Para a Dra Denise Coimbra, ginecologista especialista em reprodução humana, a ciência está do lado da mulher e vem colaborando com novos tratamentos e estudos em prol da gravidez tardia. “Enquanto a mulher menstruar ela poderá engravidar, porém as chances de gestação diminuem com a idade, em decorrência de vários problemas ginecológicos. Além disso, há uma diminuição da reserva e da qualidade dos óvulos”.

Segundo ela, felizmente a medicina moderna já oferece uma gama maior de tratamento a todas as mulheres que desejam engravidar:
A Clínica de Reprodução Humana da Dra Denise Coimbra mantém um site em www.gravidezfacil.com.br, que orienta as mulheres quando a infertilidade.

Créditos:
Dra Denise Coimbra: formada pela faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo em Ginecologia e Obstetrícia. Especializou-se em videolaparoscopia e videohisteroscopia no exterior em 1997.
Atualmente é ligada ao serviço de reprodução humana da Escola Paulista de Medicina. Realiza também a prática de reprodução humana na área diagnóstica terapêutica dentro de grandes hospitais, na clínica e Centro de Reprodução Humano com técnicas de congelamento de embriões.

Sugestão de Pauta: A fim de esclarecer quais tratamentos podem ajudar a mulher a engravidar e também de orientar sobre as vantagens e desvantagens da gravidez tardia, sugerimos uma entrevista com a especialista em reprodução humana, Dra Denise Coimbra. Podemos tentar também algum personagem para a matéria. Caso haja interesse, entre em contato com a jornalista Luciana Teles pelos telefones: (13) 3253 0586 / 3253 0729 ou pelo e-mail lucianateles@veramoreira.com.br/


Leitura adicional:
Risco da gravidez tardia
Infertilidade masculina e feminina



Mulher

Item Câncer de mama - Tratamento

Item Câncer de mama - Testes e diagnóstico

Item Câncer de mama - O que é

Item Herpes genital e gravidez

Item Toxoplasmose e gravidez

Item Infecções urinárias recorrentes em mulheres e infecção urinária na gravidez

Item Cirurgia de mama

Item Importância do azeite para gestantes

Item Cálcio para quem toma Pílula Anticoncepcional

Item TPM e Nutrição Clínica Funcional

Item Anorexia - Mulheres são 9 vezes mais atingidas

Item HPV e risco de câncer de colo de útero

Item Gravidez tardia

Item Depressão - Mulheres são mais suscetíveis

Item Terapia hormonal e câncer de mama

Item Sutiã apertado e problemas para a saúde

Item Yoga na Gravidez

Item Menopausa

Item Pisando bem de Salto Alto

Item Menopausa e reposição hormonal

Item Saúde da Mulher de todas as idades

Item Coração de Mulher


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato