Saúde Esportiva - Saúde, Nutrição, Estética, Beleza

Fatores de risco para osteoporose

Fatores de risco para osteoporose que não podem ser mudados

Alguns fatores de risco para osteoporose não podem ser mudados. Esses fatores de risco incluem:

Sexo. Mulheres possuem maior risco para osteoporose do que homens. Elas têm ossos menores e perdem massa óssea mais rapidamente do que homens por causa das mudanças hormonais que ocorrem depois da menopausa. Desta forma, se você for mulher seu risco para osteoporose é maior.

Idade. Uma vez que os ossos afinam com a idade, à medida que você envelhece aumenta o seu risco para osteoporose.

Histórico familiar. Osteoporose tende a ocorrer em familiares. Se um familiar próximo tem osteoporose, seu risco aumenta.

Histórico de fraturas anteriores. Pessoas que tiveram fratura depois dos 50 anos de idade têm risco maior para novas fraturas.

Fatores de risco para osteoporose que você pode mudar

Outros fatores de risco para osteoporose podem ser mudados. Esses incluem:

Dieta pobre. Ingerir pouco cálcio durante a vida pode elevar seu risco para osteoporose. Não ter vitamina D suficiente -- tanto pela dieta, suplementos ou luz solar -- também pode elevar seu risco para osteoporose. Vitamina D é importante porque ajuda o corpo a absorver cálcio. Uma dieta adequada e proteínas e outras vitaminas e minerais também é essencial para a saúde dos ossos.

Sedentarismo. Não praticar exercícios e ter pouca atividade física, assim como permanecer na cama por longos períodos, eleva o risco de desenvolver osteoporose. Assim como os músculos, ossos ficam fortes com exercícios.

Fumo. Fumantes podem absorver menos cálcio da dieta. Adicionalmente, mulheres que fumam têm menores níveis de estrogênio no corpo.

Medicamentos. Alguns medicamentos podem causar perda de massa óssea. Converse com seu médico sobre medicamentos que está tomando e o que pode fazer para proteger seus ossos.

Baixo peso corporal. Mulheres que são magras e como ossos pequenos possuem maior risco para osteoporose.

Prevenção da osteoporose: Dieta e exercícios são importantes

Afortunadamente, mesmo em idade avançada, você ainda pode tomar medidas para proteger seus ossos. Você precisará de uma dieta balanceada rica em cálcio e vitamina D, programa regular de exercícios físicos e, em alguns casos, medicação. Essas medidas podem ajudar a retardar a perda óssea. Adicionalmente, é importante tornar sua casa segura contra quedas e mudar seu estilo de vida para evitar fraturar ossos frágeis.

Ter cálcio suficiente

Ossos são feitos de cálcio, proteína e outros minerais. Ter cálcio suficiente ajuda a proteger os ossos ao retardar a perda óssea. Mulheres acima dos 50 anos devem consumir 1.200 miligramas de cálcio diariamente. Homens entre 51 e 70 anos devem consumir 1.000 mg de cálcio diariamente, e acima dos 70 anos 1.200 mg por dia. Para certifica-se que ingere cálcio suficiente, torne alimentos ricos em cálcio parte de sua dieta. As fontes alimentares mais concentradas em cálcio incluem laticínios com pouca gordura, como leite desnatado ou semi-desnatado, iogurte e queijo. Outras fontes de cálcio são verduras verde-escuras como brócolis e couve-galega, sardinha, e amêndoa.

Ter vitamina D suficiente

A vitamina D ajuda seu corpo a absorver cálcio. Exposição aos raios solares faz seu corpo fabricar vitamina D. Algumas pessoas obtêm toda vitamina D que precisam dessa forma. Porém, muitos idosos, especialmente os que ficam e casa a maior parte do dia, não obtêm vitamina D suficiente.

À medida que você envelhece sua necessidade de vitamina D aumenta. Pessoas entre 51 e 70 anos devem consumir pelo menos 600 UI de vitamina D diariamente, e acima do 70 anos pelo menos 800 UI por dia. Alguns tipos de peixes como salmão, arenque e atum, são boas fontes de vitamina D. Algumas vezes é necessário o uso de suplemento com vitamina D para atender as necessidades da pessoa.

Exercícios para a saúde dos ossos

Exercícios podem tornar os ossos e músculos fortes e ajudam a diminuir a taxa da perda óssea. Também são uma forma de se manter ativo e em movimento. Exercícios de impacto do peso corporal feitos de três a quatro vezes por semana são recomendados para a saúde dos ossos. Caminhada, jogging, tênis e dança são exemplos desse tipo de exercício. Já os exercícios de equilíbrio e fortalecimento, como Tai Chi e Pilates, podem ajudar a prevenir quedas e diminuir o risco de fraturas.

Mais sobre o assunto:
O que é osteoporose
Sintomas e tratamento da osteoporose
Osteoporose - melhor prevenir do que remediar
Osteoporose - Cálcio e Vitamina D



Créditos:
Tradução: © 2013, Hélio Augusto Ferreira Fontes
Texto: NIH SeniorHealth



Patologias

Item Doença de Paget do osso

Item Doença de Paget dos ossos - Sintomas, complicações e tratamento

Item Doença de Parkinson e Parkinsonismo Juvenil

Item Causas da doença de Parkinson

Item Doença de Parkinson - Sintomas e diagnóstico

Item O que é osteoporose

Item Fatores de risco para osteoporose

Item Sintomas e tratamento da osteoporose

Item Câncer de próstata - O que é, fatores de risco, sintomas, exame PSA

Item Tratamentos para Câncer de Próstata

Item Fumo passivo e efeitos à saúde em adultos e crianças

Item Transtornos do sono - Insônia, narcolepsia , apnéia do sono e síndrome das pernas inquietas

Item Depressão - Tipos e Causas

Item Sintomas de Depressão

Item Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) - O que é, causas, sintomas, tratamento

Item Câncer colorretal - O que é, fatores de risco

Item Artrite reumatóide - O que é, causas, sintomas, tratamento, cirurgia

Item Artrose ou osteoartrite - O que é, causas, sintomas

Item Tratamento da artrose

Item Doença de Alzheimer - O que é, perda de memória e demência

Item Doença de Alzheimer - Causas e fatores de risco

Item Doença de Alzheimer - Sintomas e diagnóstico

Item Doença de Alzheimer - Tratamento

Item Hemorróidas - O que são, sintomas, causas, tratamento

Item Fibromialgia - O que é, sintomas, causas, tratamento

Item Linfoma não-Hodgkin - O que é, Causas

Item Conjuntivite viral, bacteriana e alérgica - Causas

Item Conjuntivite - O que é, sintomas, tratamento

Item Enxaqueca - Sintomas, tratamento, causa

Item Citomegalovírus - Diagnóstico, testes, na gravidez

Item Perda auditiva - Sintomas e diagnóstico

Item Sinusite - O que é, causa, tratamento, remédios

Item Caxumba - Sintomas, tratamento, transmissão

Item Insônia - Tratamento e diagnóstico

Item Insônia - O que é, causas, primária e secundária

Item Insuficiência respiratória aguda e crônica - Sintomas, tratamento

Item Doença de Crohn ou enterite regional - Diagnóstico, dieta e gravidez

Item Otite externa

Item Tratamento da leucemia

Item Diagnóstico da leucemia

Item Leucemia aguda e crônica

Item Apendicite

Item Esclerose múltipla - Tratamentos

Item Sinusite aguda e crônica - O que é, sintomas e tratamento

Item Apnéia obstrutiva do sono

Item Anemia vira leucemia?

Item Dislexia

Item Retinoblastoma

Item Artrose no ombro - Tratamento com Prótese Reversa

Item Virose

Item Câncer de ovário

Item Boca seca - Xerostomia

Item Doença do Refluxo Gastroesofágico - Azia e queimação

Item Asma

Item Anemia

Item Ovários Policísticos

Item Displasia Mamária

Item Pés de diabéticos e prevenção de lesões

Item Osteoporose

Item Insônia e Depressão

Item Evolução da leucemia

Item Hepatite A

Item Tireóide x Humor - hipertiroidismo e hipotiroidismo

Item Bumbum Sarado - Síndrome do Piriforme

Item Gastrite e Úlcera

Item Diabetes tipo 1 e 2

Item Insuficiência Renal Crônica

Item Cálculos de vesícula

Item Dermatite de Contato

Item Mal de Alzheimer

Item Problemas e doença no Quadril

Item Doença de Chagas e Transmissão Oral

Item Prevenção do Câncer com Estilo de Vida Saudável


Saúde Esportiva - © 2007-2015 Helio Fontes - Política de privacidade
Email para contato